Câmara de Urussanga liderou gastos com diárias em 2021 na Comarca


Se buscar recursos junto aos gabinetes de deputados estaduais, federais, senadores, órgãos e autarquias dos poderes estadual e federal seria o motivo alegado para o uso de diárias por parte de vereadores, assessores e funcionários da Câmara de Urussanga, parece que a justificativa acaba se esvaindo em exemplos contraditórios nos municípios vizinhos.

Além do ocorrido na Câmara de Criciúma, cidade com quase 220 mil habitantes e 17 vereadores que certamente conquistaram recursos de altos valores para sua cidade mas gastaram praticamente a metade do que os vereadores urussanguenses em 2021, temos também o exemplo dos sulcocalenses e fumacenses.

Em Criciúma, gastos com diárias na Câmara foram de R$ 33.109,42 o que é praticamente a metade do que foi gasto em Urussanga pelos 9 vereadores, assessores e funcionários.

Nos três municípios que compõem a comarca, que são Urussanga, Cocal do Sul e Morro da Fumaça, o título de campeão dos gastos com diárias ficou para Urussanga.

Uma pesquisa feita no Portal da Transparência esta semana, nos mostra que na cidade sede da comarca - Urussanga, foram gastos R$ 71.650,00. Deste total, R$ 54.800,00 foram destinados para os vereadores e R$ 16.850,00 para assessores e funcionários do legislativo da Benedetta.

Em Cocal do Sul, foram gastos R$ 16.400,00 em diárias no ano de 2021.

Em Morro da Fumaça, o valor dispendido com diárias foi de R$ 10.200,00.

Isso significa dizer que Urussanga gastou R$ 55.250,00 a mais que Cocal do Sul e R$ 61.450,00 a mais que Morro da Fumaça.

Se voltarmos nossos olhos para os municípios limítrofes, além de Cocal do Sul, os valores gastos com diárias nas Câmaras de Vereadores são os seguintes:


Treviso.......................................... .R$ 42.900,00

Siderópolis.....................................R$ 22.000,00

Lauro Muller...................................R$ 19.821,91

Orleans............................................R$ 9.270,00

Pedras Grandes..............................R$ 6.680,00


Como não foi possível quantificar por município os valores recebidos de repasses de emendas parlamentares e outros recursos realmente conseguidos por vereadores, é difícil ter uma noção sobre o real aproveitamento das diárias como elemento capaz de trazer benefícios à população.

Mas, tendo a certeza de que todos os municípios foram beneficiados, alguns investindo muito pouco com diárias e recebendo bastante ajuda das esferas governamentais superiores, como é o caso de Pedras Grandes, fica a responsabilidade dos Presidentes de Mesas Diretoras avaliarem com cautela cada pedido de diária de vereadores, assessores e funcionários dos legislativos.