top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Bonomi quer isenção para entidades no uso de espaços no Parque Municipal


Vereador Ademir Bonomi, o Datcho (MDB), expôs os valores cobrados pelas entidades na Festa do Vinho, e criticou o fato de elas não terem isenção.

“Trabalhei como voluntário para o hospital, sei o quanto é difícil arrecadar esses valores. Não deveria ser cobrado nada das entidades nas festas. Hoje, praticamente um dia do resultado de trabalho voluntário fica para a Prefeitura”, afirmou.

O vereador exibiu publicação no Diário Oficial que mostra os valores cobrados pels entidades Amodamas (R$ 9 mil), APAE (R$ 8 mil), Auras (R$ 3 mil), Associaçao Bellunesi (R$ 3 mil), CASBEC (R$ 6,5 mil), Clube dos 13 (R$ 10 mil), Friulanos (R$ 8 mil), Lions (R$ 8 mil), Paraíso da Criança (R$ 11 mil), Rotary Clube (R$ 8 mil), Associação ProGoethe (R$ 15 mil), Coral Santa Cecília (R$ 3 mil), Hospital Nossa Senhora da Conceição (R$ 4 mil) e Rádio Fundação Marconi (R$ 10 mil).

“Ano passado, a gente cobrou muito nesta Casa sobre os valores dos ingressos, o fim dos camarotes e a acessibilidade do Parque. Neste ano foi feito, parabéns ao Bonettinho, parabéns à CCO. Mas, se baixou o preço dos ingressos, aumentou para as entidades”, ponderou.

Na avaliação de Datcho, a cobrança só deveria ser aplicada a entidades e empresas de fora de Urussanga.

Comments


bottom of page