Barão do Rio Branco - alunos são ensinados a produzir alimentos na escola


Muito mais que aulas de matemática, geografia ou história, os alunos da escola Barão do Rio Branco estão tendo a oportunidade de literalmente colocarem a mão na terra e produzir alimentos.

Participam deste projeto todos os estudantes da EEB Barão do Rio Branco, desde o 1° do Ensino Fundamental ao 3° Ano do Ensino Médio.

Segundo a diretora Simone Feltrin, “são ações visando a Educação Ambiental, pois a horta escolar é um laboratório de aprendizagens.

O meio ambiente deve ser cuidado sempre, não somente em uma data apenas de comemoração.

Tudo o que é plantado na horta vai para as famílias dos estudantes. Temos uva Goethe e estamos preparando para ampliar a parreira este ano. Temos parreira de maracujá, que já consumimos em forma de suco e as abóboras colhidas viraram doce” explicou a diretora.

Além disso foram plantadas 27 mudas de arvores frutíferas em volta do campo da escola, com a participação dos estudantes e professores, coordenados pela professora Sabrina Zanin

A felicidade vista por terem participado deste trabalho desde o plantio das mudas até a colheita, é algo recompensante.

Além de estimular o trabalho em equipe (criando vínculos de amizade e ensinando a manter união em torno de um objetivo) , o plantio, cuidado e a colheita dos alimentos no quintal ou pomar da escola, são ações que mostram aos alunos como funciona a real cadeia da produção alimentar e o quanto os seres humanos dependem de um meio ambiente saudável para garantir sua própria sobrevivência.

Evidenciando o exemplo da escola Barão do Rio Branco, que este ano completará 80 anos de fundação, parabenizamos todos os diretores, professores e pais urussanguenses que, nas escolas urussanguenses, estimulam essa forma de aprendizado, dando aos alunos muito mais do que conhecimentos teóricos. Parabéns a todos!