top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Baesso fala de sucessão no Sindicato dos Agricultores




Adefonso Baesso - presidente do Sindicato dos Agricultores de Urussanga e Cocal do Sul foi quem coordenou a última reunião da atual Diretoria desta associação.

Em entrevista ao Panorama, Baesso afirmou que todos os assuntos pertinentes à classe foram colocados em pauta para a busca das soluções que se fazem necessárias.

Acrescentou ainda que colocou seu nome à disposição para concorrer novamente ao cargo de Presidente.

“Ao final da reunião, eu coloquei meu nome à disposição como candidato para mais um mandato, convidando todos os diretores para que continuem junto esta nova empreitada, compondo esta chapa.

Na verdade, nós temos que promover uma renovação de 30% dos membros conforme rege o nosso Estatuto” afirmou Baesso ao explicar que está há muitos anos no Sindicato, tendo exercido outros cargos dentro da estrutura administrativa.

“Desde 2003 como Diretor desta associação, já estive quatro anos como presidente do Conselho Fiscal junto com a ex-presidente Dilma Possamai; mais quatro anos e oito meses como Tesoureiro e após assumi a presidência com o falecimento da titular Dilma.

Então, já toquei três mandatos e estou aceitando o desafio de buscar o quarto mandato.

E alguns podem perguntar, mas por que Baesso de novo?

E eu respondo dizendo que é em respeito aos 86,4% dos votos obtidos pela nossa chapa na última eleição e até pelo conhecimento adquirido sobre as dificuldades, as carências de nossos agricultores, somado ao nosso desejo de dar suporte e valorizar cada vez mais a nossa classe”, afirmou Baesso.

Segundo ele, “a atual Diretoria é composta por pessoas atuantes, líderes de comunidades e de respeito lá no interior” e todas foram convidadas para continuarem colaborando.

Ao finalizar, o Presidente do Sindicato disse que sua campanha será baseada no trabalho desenvolvido até agora, tudo baseado na sinceridade e na honestidade.

“Não adianta a gente prometer milagres. Não adianta a gente oferecer o que nós não temos. Todos conhecem nosso método de trabalho, sempre lutando por nossos agricultores e tratando todos sem discriminação” concluiu Baesso.

A eleição para a nova Diretoria do Sindicato dos Agricultores de Urussanga e Cocal do Sul deverá acontecer no próximo mês de julho , quando os cerca de 1.300 associados aptos a votarem escolherão quem estará à frente da associação.

bottom of page