top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Aprovado projeto que obriga identificação de veículo do Município


Vereadores urussanguenses aprovaram cinco matérias na reunião ordinária da terça-feira, dia 1º, sendo quatro projetos de lei e um requerimento. Um dos projetos, de autoria do vereador Luan Varnier (MDB), torna obrigatória a identificação de todos os veículos de propriedade ou a serviço da administração direta e indireta no município.

Pelo texto, os automóveis devem ser identificados com o Brasão Oficial do Município ou do respectivo Poder, e com identificação do órgão ao qual o veículo esteja vinculado. Outro projeto de lei de autoria do vereador Luan Varnier é o que declara de utilidade pública a Associação de Mulheres Agricultoras de Urussanga (AMA), fundada em 2009.


CURTAS


Falta vagas nas creches


Vereador Luan Varnier (MDB), em pronunciamento na sessão desta semana, considerou inaceitável que ainda haja fila de espera por vagas em creches de Urussanga, mesmo com a cobrança do Ministério Público para que o município resolva a situação. “Muitos pais estão deixando de trabalhar porque não têm onde deixar seus filhos. São 10 crianças na fila, precisando do apoio do Poder Executivo”, relatou.

O parlamentar diz ter recebido contato de dezenas de pais pedindo ajuda nesse sentido e informou que tem auxiliado e orientado os cidadãos a procurar o Ministério Público.

O vereador do MDB fez críticas ao prefeito de Urussanga, Gustavo Cancellier (PP), e à secretária de Educação, Janea Possamai. “Ao invés de chamar os vereadores da oposição de criminoso, ele que vá resolver o problema das creches. Quem não cumpre com a sua função, aí sim posso dizer que é criminoso”, afirmou.“É inadmissível que um prefeito que é réu na Justiça, que teve a Polícia Federal na sua casa, que é investigado, que responde a processo, me chame de criminoso, que chame esta Casa de criminosa. A PF não foi na minha porta, não desviei recurso público e não vou desviar. Não é certo fazer isso com o dinheiro do povo”, disse Luan.

O parlamentar cobrou o cumprimento de promessas feitas pelo Executivo.

“A secretária de Educação tem que trabalhar mais. É inadmissível. Os uniformes gratuitos que seriam dados até agora os alunos não receberam. E cadê a secretária indo a Brasília buscar transporte escolar? Eu trouxe dois ônibus, por meio do nosso então deputado Luiz Fernando Vampiro”, mencionou.


Tidinho fala do Bolsa Atleta


Na mesma sessão, o vereador Erotides Borges Filho- Tidinho reclamou da falta de apoio aos atletas urussanguenses.Ele lembrou que, em Cocal do Sul, já está em vigor o Bolsa Atleta, que oferece apoio financeiro para os esportistas do município, o que deveria servir de exemplo para Urussanga, na avaliação dele.

“É só o prefeito lembrar que ele fez o pacote de obras ‘Ainda Mais Urussanga’. Na última linha de esporte e lazer está lá: implantação do Bolsa Atleta. Tem atleta de Cocal que recebe 770 reais para treinar, que é um valor bem legal. Se não consegue fazer, copia. A gente não precisa inventar nada”, afirmou Tidinho.


Homenagem póstuma


O vereador José Carlos José, o Zé Bis (PP), é o autor do projeto de lei que homenageia a senhora Angela Joanna Rosso, falecida em 1990, com o nome de uma rua no bairro da Baixada Fluminense. Angelina, como era conhecida, nasceu em 1909, casou-se com Elias Biz, com quem teve nove filhos. Ela se dedicou intensamente aos serviços da Paróquia Nossa Senhora da Conceição. De acordo com o histórico apresentado com o projeto, Angelina deixou um legado de amor, compaixão, generosidade e respeito que foi repassado e deixado como exemplo.


Convite

Vereadores também aprovaram requerimento do vereador Odivaldo Bonetti (PP), para convidar o presidente do grupo Bocas de Porco, José Carlos Sacchet, para falar sobre o 2º Moto Praça, evento realizado no dia 15 de julho, na Praça Anita Garibaldi.



Comments


bottom of page