top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Alesc homenageia pioneiros pela contribuição à apicultura de SC


A Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), prestou várias homenagens a pessoas, entidades e instituições que prestaram notáveis serviços ao desenvolvimento da apicultura e meliponicultura catarinense.

O reconhecimento ocorreu esta semana durante sessão solene, realizada no Plenarinho da Assembleia, para prestigiar os desbravadores e as instituições responsáveis pela expansão do setor.

Destaque em qualidade e excelência, o mel catarinense ganhou notabilidade em seis concursos mundiais. Foi isso que motivou a homenagem a personalidades e instituições que contribuíram na sua cadeia produtiva – iniciativa do deputado Padre Pedro Baldissera.

O urussanguense Luiz Antonio Neves Marques recebeu a homenagem concedida in memorian a seu pai adotivo - Monsenhor Agenor Neves Marques, um dos pioneiros na apicultura catarinense.

O superintendente do Senar/SC, Gilmar Zanluchi, que também recebeu o reconhecimento, destacou o expressivo trabalho desenvolvido pela entidade por meio dos Programas de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) nas áreas de Apicultura e Agroindústria Apícola. “A ATeG nessas duas áreas do segmento apícola vem sendo essencial para promover o desenvolvimento do setor”.

O vice-presidente de finanças da Faesc e vice vice-presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/SC, Antônio Marcos Pagani de Souza, também esteve presente no evento e recebeu homenagem pelo trabalho desenvolvido pelo Sebrae.  

Coordenador da Frente Parlamentar da Apicultura e Meliponicultura, Padre Pedro afirmou que a honraria reconhece historicamente o trabalho dedicado ao setor, lembrando o papel polinizador da abelha.

“É dela que a vida brota, caso contrário o planeta seria destruído. A economia é centralizada na presença da abelha, várias culturas dependem de sua polinização”.

O secretário de Estado da Agricultura, Valdir Colatto, conclamou os presentes para organizar a Câmara Setorial do Mel.

“Vamos aproveitar todo o conhecimento adquirido para decidir quais projetos implementar, qual será o aporte de recursos e juntar forças para alavancar ainda mais o setor ”.


ATEGS APICULTURA E AGROINDÚSTIRA APÍCOLA  

De acordo com o presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo, o trabalho da ATeG Apicultura tem transformado as propriedades com um eficiente controle da nutrição, sanidade, genética, análise de gestão, manejos dos espaços, entre outros. Com relação à ATeG Agroindústria Apícola, ele destaca que é um dos mais novos programas de assistência técnica investidos pelo Senar/SC e já traz resultados expressivos.

 

Lançado em 2022, o Programa ATeG Agroindústria Apícola representou mais um passo certeiro para otimizar recursos, aperfeiçoar a escala e fortalecer a qualidade dos produtos da apicultura e meliponicultura, gerando renda e conquistando novos mercados.

 

A coordenadora da ATeG SC, Paula Coimbra Nunes, observa que o programa possibilita, ao produtor, explorar novas ferramentas que potencializam o crescimento de seus negócios. “O acompanhamento, de dois a quatro anos, é fundamental para o produtor aprimorar as técnicas e o gerenciamento, tornando a produção mais eficiente e lucrativa”.

 

As atividades são realizadas com grupos de 25 a 30 produtores organizados de acordo com a cadeia produtiva. Atualmente, além da ATeG Apicultura e Agroindústria Apícola, o Senar/SC atende outras oito cadeias produtivas. Quem tiver interesse em participar pode entrar em contato com o Sindicato Rural de sua região.

  

Homenagens in memorian: pioneiros da apicultura em SC

Helmuth Wiese – representado por Sidnei Wiese

Eloy Puttkammer – por Arley Puttkammer

Monsenhor Agenor Neves Marques – por Luiz Antonio Neves Marques

 

Instituições

Faasc – presidente – Ivanir Cella

Secretaria de Estado da Agricultura – Valdir Colatto

Epagri – presidente – Dirceu Leite

Cidasc – Vanessa Adami do Espírito Santo

Senar/SC – Gilmar Zanluchi

Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFSC – Júlia Scussel

Sebrae/SC - Antonio Marcos Pagani de Souza

bottom of page